quarta-feira, 14 de outubro de 2009

VITÓRIA !


Caros amigos,

A vitória do PS em Benfica, neste acto eleitoral, foi o resultado da vontade expressa da população. Vontade de MUDAR, vontade de construir uma Benfica Solidária!

Nesse sentido, agradeço à população de Benfica a confiança depositada e, aos independentes que connosco colaboraram e aos socialistas envolvidos, todo o empenho e militância demonstrados ao longo da campanha.

Aqui fica o meu compromisso de que tudo faremos para trabalhar no sentido de um desenvolvimento sustentado da nossa Freguesia, em concertação com a Câmara Municipal de Lisboa.

UNIMOS LISBOA para a vitória! Precisamos agora de continuar UNIDOS para a construção de uma Freguesia Solidária.

Certa de que poderei contar com TODOS, encerro este blog de campanha para que possam ser abertas as novas páginas de uma Benfica Solidária, dinâmica, competente e com estratégia.

O meu muito obrigada a todos,

Inês Drummond

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Testemunho - Restaurante "O Escondidinho" (Bairro do Charquinho)

video

Fóruns de Educação

Não é possível assegurar a democratização do acesso à educação sem, ao mesmo tempo, construir a qualidade das aprendizagens. Para isso, é preciso considerar as pessoas concretas e não os alunos ideais, é preciso centrar nas escolas e não no abstracto o “sistema educativo”, investindo na mobilização de energias disponíveis e na diversidade e agindo com todos os parceiros em projectos descentralizados e localmente relevantes.

A escola em geral, e a escola básica em particular, vê-se, hoje, confrontada com uma multiplicidade de problemas, fundamentalmente de foro social, que passaram para o seu interior. Este facto obriga a repensar a escola e esta a repensar-se no sentido de encontrar possíveis e diferenciadas respostas para os diferentes problemas dos seus alunos.

Os fóruns de educação, da iniciativa da Junta de Freguesia de Benfica, ao visarem:

- identificar as dificuldades e os constrangimentos existentes devido à falta de condições físicas ou inadequadas à prossecução das actividades escolares (veja-se a realidade das escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico);

- valorizar as dinâmicas de inovação;

- estimular a construção de redes de partilha e cooperação para a mudança em torno de pólos atractores representados pelas escolas presentes;

podem e devem desempenhar um papel estruturante na resolução de pequenos/grandes problemas, na medida em que constituem um espaço privilegiado para a análise e reflexão de propostas e/ou soluções (in)formativas apoiadas e sustentadas, sempre que possível, pela Junta de Freguesia de Benfica.

É, portanto, neste contexto de situações diferentes, ricas em diversidade e significado, onde se estabelecem novos modos de trabalhar, de aprender e de relacionamento colectivo que poderá desencadear-se um conjunto de situações propiciadoras de maior sucesso educativo dos alunos.

Pelas razões já expostas, considero extremamente pertinente e relevante a realização de Fóruns de Educação no programa do PS à Junta de Freguesia de Benfica.

POR BENFICA SOLIDÁRIA

Teresa do Santo Cristo Pereira

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Associação da Comunidade de São Tomé e Príncipe recebe os Candidatos do PS às eleições autárquicas

A candidatura do PS “Unir Lisboa” visitou a Associação da Comunidade de São Tomé e Príncipe (ACOSP). Participaram na visita a candidata a Presidente da Junta de Freguesia de Benfica, Inês Drummond, membros da sua equipa, (Noémia Freitas, Lourdes Menor, Hernani Siva, Hugo Pina, Marta Rosa, Alberto Helder) e os candidatos a vereadores Dalila Araújo, Catarina Vaz Pinto, Fernandes Nunes da Silva e o candidato à Assembleia Municipal, José Leitão. Pela parte da ACOSP a equipa foi recebida por António Cádio seu Presidente, Natália Umbelina, Vice-Presidente, corpos sociais e associados.

Foram apresentadas as linhas gerais da candidatura à Câmara Municipal, encabeçada por António Costa nas áreas da cultura e da mobilidade, por Dalila Araújo, Catarina Vaz Pinto, Fernando Nunes da Silva, José Leitão e à Junta de Freguesia pela Inês Drummond.

Do debate ressaltou-se a necessidade de ser assegurada maior igualdade de oportunidades quer no trato - como cidadãos e não minorias étnicas -, quer no apelo às competências e às energias dos portugueses negros e imigrantes com particular realce para sua maior representatividade nos espaços políticos, sociais e culturais. Se nos cargos e funções as vagas são preenchidas por concurso recorrendo-se à selecção por mérito, na sociedade e nas instituições há funções que são preenchidas por cooptação, por livre escolha com base na confiança. Esperamos dos socialistas que também neste nível seja assegurada igualdade de oportunidades e que seja feito apelo às competências e energias de Todos. A ênfase foi igualmente dada à necessidade de ensinar e divulgar a língua portuguesa enquanto ferramenta de diálogo, de inserção e de inclusão.

Estas eleições constituem uma oportunidade de construir uma Freguesia de Benfica mais solidária, uma Lisboa inovadora, fraterna e cosmopolita, que garanta maior igualdade de oportunidades para todos. Queremos e temos competência para ter um papel mais activo nesse processo.

Que Lisboa seja um espaço efectivo de culturas das “desvairadas gentes” numa assumpção de efectiva igualdade de oportunidades para Todos.

NATÁLIA UMBELINA

O PS em campanha - Domingo, dia 4

A candidatura Unir Lisboa organizou, (no passado domingo, dia 4), um passeio de bicicleta entre a Torre de Belém e o Cais do Sodré. A iniciativa, muito concorrida, utilizou a ciclovia com de cerca de 7 km que une estas zonas ribeirinhas e que foi concluída neste mandato.

O passeio serviu para assinalar a aposta que está a ser feita neste modo de transporte, com a construção de uma rede de ciclovias em percursos-chave da cidade de Lisboa. Os objectivos desta medida são, por um lado, aumentar as escolhas dos lisboetas no que diz respeito à sua mobilidade e ao lazer; por outro, fomentar a utilização de um meio de transporte não poluente.

A ideia de que Lisboa não pode ser “pedalada” é questionada diariamente por todos os que utilizam este meio de transporte nas suas deslocações e nos seus tempos-livres. Como António Costa frisou no seu discurso, Lisboa tem desníveis que desafiam a capacidade física de muitas pessoas. Mas tem, também, muitas e vasta áreas planas, onde é possível (e agradável) utilizar a bicicleta. Entre estas, incluem-se Alvalade, Telheiras ou a Frente Ribeirinha.
O desafio está, por isso, em ter a coragem e a ambição de criar melhores condições para a utilização da bicicleta nos percursos diários ou de lazer.
Ainda no mesmo dia a candidatura Unir Lisboa esteve no Bairro da Boavista.

O PS em campanha - Sábado, dia 3





segunda-feira, 5 de outubro de 2009

PS visita, mais uma vez, o Bairro da Boavista



António Costa vista

o Bairro da Boavista


Estava programada para hoje, dia 4 de Outubro, às 18 horas, uma arruada pelo Bairro da Boavista. Já perto da hora marcada, o carro de campanha da candidata do PS à Junta de Freguesia de Benfica, Dra. Inês Drummond, fazia a propaganda e, pouco tempo depois, chegou a representante da candidatura "Cidadãos por Lisboa", Arq.ª Helena Roseta, o Arq.º Manuel Salgado, o Eng. Manuel Brito, Provedor do Bairro, e o resto da equipa. Nesta visita ao Bairro da Boavista, não se viu o representante da Associação Gente por Lisboa e actual Vereador na Câmara Municipal de Lisboa, Dr. Sá Fernandes.

A população aproximou-se, devido ao aglomerado de pessoas que já se encontrava junto da Farmácia da Boavista. De seguida, chegou o candidato do PS à Câmara Municipal de Lisboa, Dr. António Costa.

O candidato confortou-se com alguns moradores a pedir justificações por causa da atitude da Gebalis no Bairro. Esta foi a conversa mais visível entre a população e o candidato.

De seguida, os candidatos visitaram algumas instituições do bairro, recordando tempos antigos e algumas visitas, que a Dra. Inês Drummond ia referindo ao Dr. António Costa.

À pergunta se tinha medo do Bairro, o candidato respondeu que não.

Sobre um convite enviado pelo Gabinete do Presidente da Câmara às instituições que trabalham no Bairro, convidando para estarem presentes na inauguração da Piscina, o candidato retorquiu que houve um erro: afinal, do convite devia constar o início das actividades e não a inauguração da piscina.

Continuando a visita, o candidato teve tempo para passar na igreja de São José, onde conheceu o actual pároco e a comunidade cristã. Também teve oportunidade para comprar algumas rifas. Dos muitos prémios que lhe saíram, destacamos um conjunto de bolas natalícias. António Costa e Helena Roseta disseram que essas bolas seriam para a Árvore de Natal da Câmara de Lisboa. E lá ficou combinado que, na altura, iríamos ver essas bolas na dita Árvore de Natal.

A D. Elisabete, solicitou ao Sr. presidente uma rápida intervenção a nível de transportes, "eu tenho já alguma idade e tenho alguma dificuldade em subir a rua para apanhar o 24". "António Costa vai colocar aqui a rede Porta a Porta, aqui é que é importante, um bairro isolado, vou tratar disso"

De seguida, a comitiva foi ver as obras da igreja e um quadro com fotos antigas do Bairro. A Arq.ª Helena Roseta ficou admirada, ao ver as fotos de antigamente.

A arruada de António Costa e da sua comitiva terminou no Clube Social.


in, http://bairrodaboavista-lisboa.blogspot.com/2009/10/antonio-costa-vista-o-bairro-da.html

domingo, 4 de outubro de 2009

Noticia TSF - "PS faz queixa do presidente Junta de Benfica por apelo ao voto em boletim oficial"

"O PS da freguesia lisboeta de Benfica apresentou queixa na Comissão Nacional de Eleições (CNE) contra o presidente da Junta, Domingos Pires (PSD), pela publicação de um texto no boletim daquele órgão em que, consideram, faz um apelo ao voto.

Com o título "renovar a esperança, ganhar as eleições", o texto em causa é o editorial da última edição do boletim oficial da Junta de Freguesia de Benfica, com uma capa em tons de cor-de-laranja, semelhante a propaganda do PSD, estando ambos os documentos visíveis no blogue do PS local.

Contactado pela Lusa, Domingos Pires respondeu: «Eu não faço nenhum apelo ao voto, eu digo que quero ganhar as eleições, mas isso todos dizemos. Há algum drama nisso? É a coisa mais natural deste mundo.»

No editorial, Domingos Pires afirma que as populações de Benfica e do Bairro da Boavista «com certeza reconhecerão o mérito» do trabalho do executivo da Junta.

Em declarações à Lusa, Domingos Pires atribuiu a queixa a uma «ciumeira política do PS», que «esteve vinte anos na Junta, nada fez e deixou uma dívida de 850 mil euros».

Para a candidata do PS à Junta de Benfica, Inês Drummond, que apresentou na sexta-feira queixa na CNE, Domingos Pires «utilizou o boletim da Junta, que é pago com o erário público, para fazer um apelo ao voto».

«Coloca todas as candidaturas em desvantagem, porque o boletim tem uma tiragem de 15 mil exemplares e distribuição gratuita», sublinhou.

Segundo Inês Drummond, Domingos Pires «vicia todas as regras democráticas, com a agravante que, como presidente de Junta é, simultaneamente, presidente da comissão recenseadora, com dever de imparcialidade»."

Oiça aqui as declarações de Inês Drummond


in, TSF


Veja ainda o post neste blog sobre a queixa apresentada

PS Benfica na Antena 1

Jornal de Campanhã - Antena 1

PS Benfica sobre irregularidades na campanha do PSD (1 minuto e 58 segundos) - 517425_52862-0910041554.wma

sábado, 3 de outubro de 2009

Aconteceu na Junta de Freguesia de Benfica...

O Inadmissível, Inacreditável, Intolerável!

ACONTECEU NA JUNTA DE FREGUESIA DE BENFICA

A Sociedade Gerador de Glórias Unipessoal Limitada subscreveu com a Junta de Freguesia de Benfica um contrato de locação para exploração de actividades desportivas, nomeadamente a prática de box, por um prazo de 3 anos. Esse contrato encontra-se , nesta data, em vigor.

No passado dia 11 De Setembro, quando o responsável da referida sociedade se dirigiu ao pavilhão arrendado, como habitualmente, foi confrontado com o facto de não lhe serem facultadas as chaves de acesso na sequência de uma ordem do Sr. Presidente da Junta – Sr. Domingos Pires - com a justificação de que o executivo da junta, no dia anterior, teria deliberado a rescisão imediata do contrato em virtude de:

- não conclusão de obras acordadas;

- falta de controlo dos frequentadoras das actividades desenvolvidas (comportamentos e atitudes lesivas na utilização do espaço);

- não cumprimento sistemático do prazo de pagamento mensal.

O reclamante não tinha sido avisado desta tomada de decisão, em tempo útil (de acordo com a legislação vigente sobre esta matéria), tinha as rendas em dia e sempre cumpriu escrupulosamente o contrato. Entretanto, porque o reclamante tinha os alunos à espera e necessitava dos equipamentos e não acedia à chave, chamou a polícia para que a situação pudesse ser desbloqueada.

Incrível! Eis o insólito da questão: o Sr. Presidente da Junta, mesmo com a polícia presente não entregou a chave do pavilhão! Obviamente que foi feita uma reclamação por escrito e já foi solicitado, junto da polícia, um auto da ocorrência.

De salientar que esta empresa tem procurado desenvolver na comunidade de Benfica uma acção social, motivando jovens do Bairro da Boavista para a prática do desporto. Além disso, levou a efeito no ano anterior campeonatos nacionais e internacionais, projectando a freguesia tanto a nível nacional como no estrangeiro. Mas nada disso interessa! Nada disso tem valor!

Mas a história não acaba aqui!

A revista de Setembro da Junta de Freguesia de Benfica, “Lisboa Viva” na pag 13 e em “actividades realizadas” na área do Desporto e Juventude refere “ Criação de várias escolas desportivas: yoga, taekwonda, akido, hapkido/kundo, patinagem artística,…

Grande contradição Sr. Presidente! Então, quer a rescisão do contrato, age ilegalmente sobre a escola e utiliza-a como bandeira na sua campanha? Está a lidar com quem? A quem pretende enganar? Os fregueses de Benfica já o conhecem, já sabem que o Senhor não sabe viver em democracia pois as suas atitudes são sempre QUERO, POSSO E MANDO! É UM AUTORITÁRIO, UM ARROGANTE, UM PREPOTENTE!

Caros fregueses de Benfica, esta situação foi denunciada, ontem, na Assembleia de freguesia e o PS dispõe de fotocópias dos documentos comprovativos da regularidade da situação da empresa, da reclamação e da notificação da JFB.

Não deixem de pensar no assunto! É tempo de mudança!


Teresa Pereira

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

PS apresenta queixa contra Domingos Pires na Comissão Nacional de Eleições

Revista da JF de Benfica e Folheto de Campanha do PSD


Os candidatos do Partido Socialista à Assembleia de Freguesia de Benfica apresentaram ontem, dia 1 de Outubro, na Comissão Nacional de Eleições, uma queixa contra o Presidente da Junta de Freguesia de Benfica, Sr. Domingos Pires, por ter utilizado a Revista da Freguesia “Benfica Viva”, paga com dinheiro saído do orçamento daquela autarquia, ou seja dinheiro público, em proveito próprio, isto é, para fazer campanha eleitoral à sua própria candidatura.

Tal conduta, habitual na pessoa em causa, habituada ao quero posso e mando, que é demonstrativa de abuso de direito, nada conducente com o estado de direito em que vivemos, viola a Constituição da Republica Portuguesa, os princípios que devem pautar a actividade dos órgãos autárquicos (da legalidade, da Igualdade, da boa-fé, da neutralidade e da imparcialidade) bem como a Lei Eleitoral para a eleição dos membros para as Autarquias Locais.

Deste modo, tal atitude, dolosa e consciente com intuito de prejudicar a candidatura do Partido Socialista como as demais, e de tirar benefícios, à custa do erário público, para a sua candidatura terá de obrigatoriamente ser punida, quer pelos eleitores, no dia 11 de Outubro, quer pelos Tribunais, que irão, como de costume, aplicará a lei, condenando tal conduta, ilegal e ilegítima, violadora das mais elementares regras da democracia e da liberdade.

Aguardamos com a devida serenidade democrática pela justa deliberação da de Comissão Nacional de Eleições.

Noémia Summavielle Freitas



UM DIA RICO E CHEIO DE CONTACTOS PESSOAIS

2009.10.02 – A acção de campanha eleitoral da lista Benfica Solidária teve hoje um dia histórico, já que foi a primeira força política que, desde sempre, dialogou directamente com os fregueses do Bairro das Pedralvas, recolhendo as suas opiniões, sugestões e, principalmente, reclamações do actual executivo da Junta de Freguesia (PSD/PPD), que não só não desenvolve este lugar do Bairro, como tem prestado um mau trabalho ao resto da freguesia.

Começámos por ouvir atentamente a Directora do Externato, o Pedralvinhas, que expôs observações pertinentes, logo a seguir os moradores da área, na rua, no seu dia-a-dia, os comerciantes que falaram abertamente os seus anseios e, como dissemos, as queixas que nos transmitiram contra o Presidente da Junta são enormes, claras e objectivas que, francamente, esperam “correr” com ele tão depressa quanto possível por alguém capaz, inteligente e que se dedique às pessoas e a solucionar os seus problemas, sem azedume e discriminação, o que só poderá acontecer com a eleição da candidata do Partido Socialista, Inês Drummond.

Passámos pelo Centro de Atendimento da Segurança Social, Centro de Emprego, Estação dos Correios e na Estrada de Benfica, sempre bem acolhidos e a darem-nos força e ânimo nesta caminhada que, em tempo oportuno, encetámos com o objectivo de servir a população de Benfica.

Também fomos recebidos pelos responsáveis da RUTE-Associação de Solidariedade Social na sua sede, que escutámos atentamente. Esta entidade está a desenvolver trabalho fantástico em várias áreas da sua esfera de intervenção, que se enaltece e aplaude.

Por fim vamos interessar-nos pelo bunker existente na rua Augusto Costa (Costinha), que pelo seu estado de degradação, frequentado por gente com problemas de dependência e outros vícios, no sentido de o vermos demolido, tão depressa quanto possível, e, para o imediato, vermos nascer uma zona verde, que muito contribuirá para a qualidade de vida das centenas de moradores que habitam e trabalham naquela zona.

À tarde o Centro Comercial Fonte Nova foi o local escolhido para nos apresentarmos e falarmos sempre com os transeuntes que se interessam pela sua Freguesia.


Alberto Hélder

O Prometido foi cumprido



O prometido foi cumprido

Após vários meses a Câmara Municipal de Lisboa colocou passadeiras junto da Escola Básica nº 125.

Durante a visita do Vereador do Desporto, Dr. Manuel Brito, eu tive oportunidade de denunciar vários problemas do Bairro, entre elas a falta das passadeiras, em cuja colocação muito insisti. Também se reforçaram algumas passadeiras em alguns pontos do bairro.

Também foram colocados 4 bancos de jardim, conforme o pedido da moradora Gilda Caldeira.




Até ao fim desta semana também será resolvido o problema das calçadas.

(in: http://bairrodaboavista-lisboa.blogspot.com/2009/09/o-prometido-foi-cumprido.html)

O Bairro da Boavista foi a votos

Eram 8h e já havia vários moradores a querem votar. Na escola nº 125 existia 3 mesas de votos (25ª, 26ª e 27ª), totalizando 3462 eleitores inscritos.

A ida aos votos decorreu normalmente, sempre com afluência as urnas. Alguns moradores queixaram-se no entanto de dificuldades para encontrar a sua mesa de voto devidas ao novo Cartão do Cidadão. Este cartão veio substituir o Bilhete de Identidade, o Cartão de Contribuinte, o Cartão Beneficiário da Segurança Social, o Cartão de Utente do SNS e o Cartão de Eleitor. O Cartão do Cidadão foi lançado em 2007 e actualmente 1.7 milhões portugueses já o utilizam.

Nestas votações, viu-se famílias inteiras de etnia cigana a votar, o que é muito positivo visto que muitos destes cidadãos nunca tinham votado.

A noite de vitória sentiu-se para o lado do CDS, um partido que há muito era esquecido aqui no bairro, mas que este ano recebeu bastantes votos.

Os eleitores votaram nos seguintes partidos:

No Bairro da Boavista

CDS – 211 votos

PS – 843 votos

PND – 10 votos

MMS – 4 votos

B.E. – 234 votos

PPV – 11 votos

PTP – 7 votos

POUS – 4 votos

MPT – 6 votos

PSD – 183 votos

PNR – 8 votos

MEP – 9 votos

CDU – 331 votos

PPM – 9

MRPP – 38 votos

MESA 25 - Brancos, 8. Nulos, 14. Votantes, 666.
MESA 26 - Brancos, 8. Nulos, 7. Votantes, 741.
MESA 27 - Brancos, 6. Nulos, 4. Votantes, 542.
TOTAIS: Brancos, 22. Nulos, 25. Votantes, 1.949

(in: http://bairrodaboavista-lisboa.blogspot.com/2009/09/o-bairro-da-boavista-foi-votos.html)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Parque da Granja

A maior criação de espaços verdes de que há memória na Junta de Freguesia de Benfica e a maior na cidade de Lisboa no mandato de António Costa e do PS, cresce a um ritmo extraordinário.
Após a movimentação e terraplanagem de milhares de m3 de terra, acrescida do transporte de terra específicamente tratada para poder ser plantada relva,que está já está quase plantada em 50% do terreno, para além das dezenas de árvores entretanto já plantadas e da construção de caminhos.
Um espaço verde que ficará para sempre ligado a este mandato de António Costa e da governação do PS na cidade de Lisboa.
O estacionamento selvagem de viaturas, os montes de entulho e a presença do circo, já são memórias e bem tristes, que ficarão para sempre ligados a Santana Lopes e Carmona.

Visitas aos Agrupamentos Escolares

Ontem e hoje, respectivamente na Escola Pedro Santarém e na Escola Quinta de Marrocos, vários elementos da lista candidata do PS, encabeçados por Inês Drummond, tiveram diálogos muito proveitosos com os respectivos Directores de Agrupamento.
Ambos os Directores de Agrupamento salientaram o ambiente de total normalidade em que decorreu o início do ano escolar, tendo sido apontado como falha da actual Junta de Freguesia o cancelamento de apoio ao GAF - Gabinete de Apoio à Família na Escola Quinta de Marrocos, que retirou um apoio precioso a dezenas de crianças da n/ freguesia, particularmente necessitadas de ajuda material e psicológica.

Benfica Solidária de Bicicleta

Todos queremos viver numa cidade com melhor ambiente. Com menos ruído e fumos de escape. Onde as deslocações sejam um prazer e não um incómodo.


Devido aos múltiplos incómodos e ineficiências que o tráfego automóvel urbano acarreta, a mobilidade individual nas cidades modernas sofre actualmente uma inevitável mudança de paradigma, no qual os modos suaves de locomoção ocupam posição de destaque.


A escolha é aparentemente óbvia, e já foi feita em muitos países onde se desfruta de elevada qualidade de vida: em cada vez mais cidades mundiais, dá-se prioridade ao peão, em articulação com o uso dos velocípedes e transportes públicos.


Em particular, o recurso à bicicleta nas pequenas deslocações (até 5 km) é, regra geral, mais rápido, económico e ecológico. E, a julgar pelo número crescente de ciclistas urbanos que vemos pelas ruas de Lisboa, certamente uma opção válida e agradável.


Benfica possui o potencial para tornar-se numa zona ciclável exemplar, por diversas razões: elevado número de estudantes, localização central face a comércio e serviços, ou proximidade com Monsanto. E até pela inexistência de quaisquer "colinas", que são a desinformada desculpa apresentada por quem não procura conhecer a realidade e, como solução para circular melhor na capital, propõe fazer... mais túneis para automóveis!


Todos queremos viver numa cidade mais humana. Sem atropelos e atropelamentos. Experimentar a bicicleta nas pequenas deslocações urbanas é uma escolha cada vez mais óbvia.


O seu bolso e a sua saúde agradecem. A sua cidade também!


Sandro D. Araújo

Programa Eleitoral do PS à Junta de Freguesia de Benfica

BENFICA SOLIDÁRIA NO APOIO ÀS FAMÍLIAS

A população de Benfica em geral, as suas Famílias em particular, as Forças Vivas e o Comércio Tradicional, precisam de uma equipa de qualidade na Junta de Freguesia com sensibilidade social, empenho, competência, seriedade, dinamismo e consistência, para a implementação de um eficaz Programa Solidário de Apoio às Famílias nas áreas da Acção Social, Saúde, Educação, Ambiente, Mobilidade e Transportes, Cultura, Segurança e Inserção Social.

Defendemos uma gestão participada na escolha de projectos que respondam aos problemas da comunidade. Defendemos um urbanismo de proximidade. Queremos equipamentos públicos de qualidade. Por isto, queremos mais competências para a Junta de Freguesia.

Para isso, servindo a população de uma forma próxima, competente e com sustentabilidade, definimos como linhas programáticas:

Acção Social

  • A construção de um Espaço Sénior para um envelhecimento activo e saudável, na Rua Rafael Duque;
  • A construção de um Centro Cívico na Rua Jorge Barradas, incluindo uma Biblioteca Pública, uma Residência para Estudantes e uma Sala Multiusos;
  • Criar uma Lavandaria Comunitária; Criar o programa “SOS Reparações” - serviço gratuito de apoio aos idosos na realização de pequenas reparações domésticas;
  • Promoção de acções integradas com a Santa Casa da Misericórdia e com as organizações de voluntariado para reforço do apoio domiciliário;
  • Apoio às IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social com sede na Freguesia;
  • Organização de um programa de afectação de jovens voluntários para actividades intergeracionais com a 3ª idade;
  • Criação de um Banco de Tempo;
  • Apoiar as comunidades de imigrantes e minorias étnicas com vista à sua melhor integração social;
  • Promover e apoiar as associações de moradores;
  • Assegurar o aconselhamento jurídico gratuito à população e incentivar o recurso à mediação de conflitos;
  • Promover as acções Praia-Campo Jovens e Seniores;
  • Promoção de um workshop para pais preferencialmente de crianças e jovens em risco;
  • Criar um serviço de Refeições Gratuitas para um conjunto de famílias a seleccionar, face aos indicadores económicos e sociais;
  • Equipamentos de proximidade de cuidados continuados (ortóteses) para os cidadãos com maiores carências económicas;
  • Criação de um “Espaço Solidário” como a finalidade responder a situações de emergência social ao nível da satisfação das necessidades básicas de alimentação e vestuário.

Combate ao Desemprego

  • Criar o Gabinete de Apoio à Família – promovendo e facilitando o acesso aos mecanismos de apoio disponíveis para desempregados e famílias em dificuldades;
  • Apoiar o Empreendedorismo;
  • Criar o Programa Inclusão pelo Trabalho - através de Protocolo com a Segurança Social dirigido a desempregados de longa duração;
  • Apoio, aos residentes desempregados, na compra do passe social, que lhes permita uma maior mobilidade para a procura de emprego;
  • Introdução do Cartão do Freguês, com descontos em bens e serviços para os fregueses de Benfica.

Inserção Social

  • Criar o Gabinete de Apoio à Inclusão – informação ao imigrante; cursos de formação;
  • Promoção da Multiculturalidade;
  • Criação de uma Escola de Música multicultural.

Educação

  • A construção de uma creche na Quinta das Garridas;
  • A construção de uma residência para estudantes na Rua Jorge Barradas;
  • Implementar um sistema de empréstimo de livros escolares do 1º Ciclo;
  • Fomentar uma maior comunicação com os Conselhos Directivos das Escolas da Freguesia, no sentido de criar uma maior integração escola/ comunidade;
  • Alargamento e melhoramento da rede de Parques Infantis;
  • Criar o Programa “Apoio dos Seniores” que consiste no apoio escolar gratuito de professores reformados aos jovens (explicações);
  • Disponibilizar de salas para apoio a crianças e jovens fora do horário escolar;
  • Criar de salas de estudo com computadores com acesso à Internet gratuito;
  • Cibercafe com espaço de formação integrado e sala de apoio escolar;
  • A promoção de um concurso de formação de monitores, em parceria com o Instituto Português da Juventude, para jovens entre os 15 e os 25 anos para dinamização das salas de estudo (Programa longa duração OLT);
  • Acções de sensibilização e educação ambiental nas escolas;
  • Apoio à alfabetização e ensino recorrente e ao acesso ao Programa Novas Oportunidades;
  • Colaborar com as Escolas, Professores e Associações de Pais no sentido de se apoiar e contribuir para a melhoria das infra-estruturas, nomeadamente ao nível da climatização, higiene e segurança e limpeza das escolas e jardins-de-infância;
  • Colaborar com a Unisben - Universidade Intergeracional de Benfica promovendo nomeadamente protocolos para as áreas do lazer e da actividade física;
  • A Organização da festa de encerramento do ano escolar e de concursos de âmbito escolar;
  • Estabelecer parcerias e protocolos de cooperação nas áreas da cultura, saúde e defesa do ambiente;
  • A melhoria da interacção com as Escolas e com o Centro de Apoio à Família do Bairro da Boavista, CML e outras entidades de carácter cultural, recreativo e desportivo;
  • Promover fóruns de educação com vista à caracterização de situações-problema a nível do parque escolar de Benfica e à definição de estratégias de solução das mesmas;
  • A Criação de uma Academia de Música no Bairro da Boavista;
  • Apoiar a promoção do transporte escolar de crianças;
  • Promover, em articulação com a CML, o alargamento da rede de creches (dos 0-3 anos) e de estabelecimentos de ensino pré-escolar (dos 4 aos 6 anos);
  • Contribuir para o sucesso escolar dos alunos considerados em situação de risco através de programas conjuntos (Junta de Freguesia Agrupamentos de escolas) especializados;
  • Espaços Wi-Fi;
  • Dinamizar em conjunto com a Escola José Gomes Ferreira um clube de apicultura em Monsanto.

Saúde

  • Promover a rápida construção do Centro de Saúde do Bairro da Boavista;
  • Promover a rápida construção de uma nova e moderna unidade de Centro de Saúde de Benfica, substituindo a existente na Rua Rodrigues Migueis;
  • A construção de uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Saúde na Quinta do Charquinho;
  • Colaborar e constituir um parceiro estratégico e facilitador, no domínio da prestação de cuidados de saúde e de apoio psicológico e social, de âmbito domiciliário e comunitário, às pessoas, famílias e grupos mais vulneráveis em situação de risco de dependência física e funcional ;
  • Melhorar as instalações do Centro Clínico da Junta, alargando o leque de especialidades disponíveis;
  • Promover em coordenação com o Centro de Saúde acções de prevenção e informação sobre a toxicodependência;
  • Promover a instalação de quiosques electrónicos para marcação de consultas no centro de saúde;
  • Desenvolvimento de parcerias e estratégia ligadas à causa dos invisuais e pessoas com dificuldades auditivas e motoras;
  • Estabelecer protocolos com as unidades de saúde privadas da Freguesia;
  • Criação de um Programa de Medicina Preventiva, com a implementação de cursos de Primeiros Socorros e de Cuidados Paliativos à Família.

Mobilidade e Transportes

  • Apoiar a expansão da rede de Eléctricos em Benfica, como a ligação à Alta de Lisboa apresentado pela CML;
  • A melhoria de acessos de circulação pedonal, eliminando barreiras físicas lesivas à mobilidade de invisuais ou pessoas com dificuldades motoras;
  • A implementação de “zonas 30” (velocidade máxima=30km/h) em bairros residenciais e de sistemas de controlo de velocidade (=50 Km/h) em alguns eixos viários principais;
  • Promover a utilização da bicicleta alargando a rede ciclável entre escolas e interfaces de transportes bem como a implementação de um sistema de bicicletas partilhadas.;
  • A construção de uma ligação pedonal desde o Bairro da Boavista ao Calhariz;
  • A Criação de passagens de peões com iluminação nocturna e sinalização própria, bem como sinalização das já existentes, nomeadamente junto aos interfaces de transportes;
  • Aumento da segurança pedonal junto dos estabelecimentos de ensino e jardins-de-infância, Centros de Segurança Social e Centros de Saúde;
  • Promover o melhoramento e manutenção das passadeiras, do pavimento rodoviário e dos passeios;
  • Melhorar a acessibilidade e à qualidade de vida urbana, diminuindo a poluição atmosférica e sonora, através de uma maior utilização do transporte público e dos modos suaves, ajudando a autarquia a cumprir as recomendações do Livro Verde;
  • A construção de parques de estacionamento de moradores, em parcerias com a CML e a EMEL.;
  • Combate ao estacionamento desregulado na Freguesia;
  • Inventariar os carros abandonados na freguesia e promover junto da Polícia Municipal a sua remoção;
  • Aumento de fiscalização relativamente ao estacionamento proibido nas faixas de rodagem, impeditivo da circulação normal de veículos de emergência e segurança;
  • Garantir os locais de cargas e descargas, bem como lugares reservados para pessoas de mobilidade reduzida.

Ambiente

  • Apoiar e dinamizar campanhas de sensibilização sobre o Eco-Bairro da Boavista;
  • Promover acções de sensibilização para a sustentabilidade ambiental;
  • Alargar a recolha selectiva de lixo porta-a-porta a toda a Freguesia;
  • Requalificar os espaços verdes e jardins públicos existentes, racionalizando o uso de água para rega;
  • Aprofundamento do protocolo com a CML para higiene e limpeza da Freguesia e criação de mais locais com ecopontos até que seja alargada a toda a Freguesia a recolha selectiva de lixo porta-a-porta;
  • Enquadrado no programa Renováveis na Hora tornar a Junta de Freguesia mais eficiente em termos energéticos aderindo a microprodução de energia eléctrica através da utilização equipamentos de pequena escala como sejam painéis solares e microeólicas, contribuindo assim para o cumprimento dos objectivos nacionais de energias renováveis, bem como de redução de gases com efeito de estufa (CO2);
  • Criação de hortas sociais na Quinta da Granja e noutros locais a seleccionar;
  • Criação de concursos de jardins.

Actividades Económicas

  • Apoiar e Dinamizar o Comércio Tradicional de Benfica, através da realização de um Plano Integrado de Comunicação, nomeadamente com acções e eventos promocionais do comércio e da restauração;
  • Promover a criação de uma Central de Compras para os comerciantes;
  • A construção de um Mercado no Bairro da Boavista;
  • Promover obras de beneficiação no Mercado de Benfica;
  • Melhorar o sistema de iluminação/enfeites durante a época natalícia nas zonas de maior concentração do comércio da Freguesia e promover o Concurso de Montras de Natal;
  • Promoção de áreas de comércio local com trânsito condicionado, equipadas com mobiliário urbano motivador da circulação pedonal;
  • Promover Concursos de Gastronomia;
  • Dinamizar o Comércio Local com a criação de concursos/prémios para os fregueses/clientes.

Segurança

  • Promover, junto da PSP, o reforço da vigilância policial nas ruas da Freguesia orientada nomeadamente para a protecção de idosos (Programa Idosos & Cia.), jovens em idade escolar (Escola Segura), e de estabelecimentos comerciais e habitações (Protecção Casa e Comércio);
  • Promoção de eficazes modelos integrados de Prevenção e Segurança e Apoio à Vítima (nomeadamente vítimas de violência doméstica, de discriminação racial e de bullying);
  • Promover a melhoria da rede de iluminação pública onde a mesma seja actualmente deficiente e possa pôr em causa a segurança de pessoas e bens;
  • Divulgação do plano de protecção civil e evacuação de emergência com cobertura total da Freguesia, em articulação com todas as entidades responsáveis, com base na realização anual de simulacros de catástrofes;
  • Levantamento e divulgação de um estudo, em colaboração com a PSP e Corpo Sapadores Bombeiros, para identificação das situações mais críticas em matéria de segurança.

Cultura

  • Construir um novo espaço cultural em Benfica, incluindo uma Biblioteca, um Auditório, uma Sala de Exposições, um estúdio de dança, entre outros equipamentos culturais;
  • Revitalizar o Auditório Carlos Paredes;
  • Promoção do diálogo inter-cultural;
  • Apoiar e promover grupos de teatro e de dança locais;
  • Promover uma Feira da gastronomia;
  • Colaboração com a paróquia nas festas da padroeira e noutros eventos;
  • Colaborar com todas as igrejas e confissões religiosas;
  • Colaborar com as colectividades, Associações, Comerciantes e Fregueses nas festas da cidade de Lisboa, Santos Populares bem como nas comemorações tradicionais (natal, Carnaval e Páscoa);
  • Participação nos dias comemorativos (dia Internacional da mulher, 25 de Abril, 1º de Maio, dia de Portugal, dia da Criança, dia da árvore e Santo António);
  • Criação de um concurso para a melhor decoração de natal;

Desporto

  • A construção de uma Pista de aeromodelismo em Monsanto;
  • Implementar actividades de Desporto Aventura na Quinta da Granja e na Mata de Benfica;
  • Dar vida e rentabilizar a piscina da Junta de Jreguesia sem deixar de apoiar públicos alvo (Jovens e 3.ª idade);
  • Dinamização e promoção da utilização dos recintos polidesportivos existentes na Freguesia para jovens, idosos e colectividades;
  • Promoção da meia maratona da Freguesia de Benfica (em parceria com a Freguesia de São Domingos de Benfica e o Sport Lisboa e Benfica);
  • Promover os Jogos da Freguesia, em coordenação e colaboração com as Associações culturais e desportivas e escolas da Freguesia;
  • Promover a participação de Benfica nas iniciativas desportivas da CML;
  • Dinamizar a utilização do Parque Silva Porto (Mata de Benfica) com a criação de um espaço para desportos radicais.

Habitação e Património

  • Criação de um Prémio anual para a recuperação de fachadas;
  • Levantamento do património histórico da freguesia e definir planos para a correspondente recuperação e utilização pública;
  • Gabinete de Apoio aos Proprietários e Moradores para instrução de processos de recuperação de edifícios, junto das entidades competentes;
  • Identificação e levantamento das condições das infra-estruturas habitacionais;

Autarquia orientada para o Cidadão

  • Promover uma Gestão Participada, investindo no aumento da qualidade de serviço e na maior eficiência de recursos e desenvolvimento sustentável, com o envolvimento de todos os cidadãos, entidades competentes, bem como as forças vivas da Freguesia, no sentido de uma integração de esforços;
  • Auditorias permanentes ao funcionamento da Junta (parte financeira e actividades) por entidades externas e independentes;
  • Freguesia Aberta, nomeadamente através da realização de reuniões periódicas do executivo nos vários bairros da Freguesia;
  • Modernização dos serviços para aumentar a eficiência da Autarquia;
  • Projecto de tutoria em várias áreas de apoio ao cidadão no Bairro da Boavista;
  • Colaborar com o gabinete de cidadania da Unisben;
  • Promover a candidatura da Junta de Freguesia ao Programa Operacional para a Sociedade do Conhecimento para que a Junta dê os primeiros passos no e-governement de forma a aumentar a eficiência e a qualidade do serviço prestado aos fregueses;
  • Criação de uma intranet de forma a racionalizar os procedimentos e a consulta documental da Junta;
  • Tornar o site da Junta de Freguesia mais interactivo disponibilizando ferramentas para contacto interactivo com a Junta nomeadamente pela criação de um atendimento online;
  • Investimento na formação dos Funcionários da Junta para melhor implementação e optimização das aplicações das ferramentas que se pretendem implementar;
  • Dinamização da revista da Junta de Freguesia “Benfica Viva” (em formato papel e digital) para divulgação das actividades da Freguesia, com anúncios pagos para Comerciantes locais e espaços de divulgação para as actividades das Associações, Colectividades, Comércio Local e Escolas;
  • Rentabilizar e melhorar os espaços de divulgação da Autarquia (preferencialmente electrónicos) para publicação de editais e outras divulgações da Freguesia;
  • Promover a utilização e a formação em software livre;
  • Promover a criação de um canal televisivo online, de âmbito local, em articulação com a Escola Superior de Comunicação Social.

VAMOS MUDAR BENFICA!

VOTE PS.